segunda-feira, 11 de maio de 2015

Bem-vinda Elsinore


Em 2015, a literatura regressa a casa. É esta a promessa que a Elsinore nos tem feito de há uns meses para cá, quando a sua página de facebook surgiu e com ela um conjunto algo enigmático de posts, muitos deles com mensagens relacionadas com “You Are Welcome to Elsinore”, o famoso poema de Mário Cesariny e, coincidentemente, um dos meus favoritos.

Mas só agora o mistério se dissipa e a Elsinore começa a ganhar forma perante os nossos olhos. Nova chancela da 20|20 Editora, a Elsinore promete-nos literatura de qualidade, de todos os géneros, épocas ou regiões. Para já, em 2015, estão previstos 10 livros, o 1º dos quais será “A Eterna Demanda”, o romance inédito da Prémio Nobel Pearl S. Buck. João Gilberto Noll, múltiplo vencedor do Jabuti (o mais conceituado prémio da literatura brasileira) estreia-se em Portugal com “Lorde” e em Junho chegarão às livrarias “Escravas do Poder” de Lydia Cacho (o 1º livro de não-ficção da Elsinore) e “Na Presença de Um Palhaço” de Andrés Barba. E os outros 6? Bom, teremos de esperar por mais novidades.

Se a criação da identidade da editora em torno do poema de Cesariny já era um bom sinal, os primeiros títulos anunciados revelam uma aposta clara na alta literatura, com escolhas criteriosas e pouco óbvias. Pearl S. Buck, apesar de Prémio Nobel, é uma autora praticamente esquecida pelas nossas editoras. É verdade que no passado suscitou o interesse da Livros do Brasil e da Texto Editores, mas recentemente apenas “Terra Abençoada” foi editado pela Clube do Autor (sem que no entanto se tenha importado em publicar os restantes 2 volumes da trilogia). Portanto, não é propriamente uma escolha óbvia e não será isenta de risco, embora conte com o impulso de ser uma obra inédita recentemente descoberta.

Da minha parte, espero ansiosamente por mais novidades e alegra-me ver que não só há uma preocupação com a escolha dos livros a editar, como também com a componente gráfica. Livros bons e bonitos, que mais podemos pedir? Até ao momento, tudo parece correr bem, resta-nos esperar que os leitores exigentes encontrem na Elsinore uma nova casa.

1 comentário:

  1. Também lhe dou as boas-vindas, até porque nunca li Pearls S Buck...

    ResponderEliminar